Programa do AEMM promove integração de alunos do 4º ano no segundo ciclo

A transição de ciclo e respetiva mudança de escola pode provocar nos alunos um acréscimo de ansiedade face a todas as mudanças ocorridas num tão curto período de tempo. Por forma a favorecer este processo e atenuar este impacto, dar a conhecer antecipadamente o espaço físico e o ambiente relacional da escola pode favorecer este processo. São várias as formas emocionais como os alunos encaram este momento, enquanto, a maioria a poderá ver com contentamento, há os que a encaram com nervosismo e até com medo.

Pretendeu-se, desta forma, que os alunos que este ano letivo terminam o 1º ciclo beneficiem de alguma tranquilidade na transição para um espaço físico, emocional, relacional e social distinto daquilo a que naturalmente estão familiarizados e que todos tenham a mesma oportunidade de se permitirem a novas experiências. Durante os dias 7 e 9 junho os alunos finalistas do 4º ano foram recebidos na Escola Monsenhor Jerónimo do Amaral pela comunidade escolar em geral. Direção, docentes, técnicos superiores, funcionários e alunos uniram esforços e vontade em acolher da melhor forma possível aqueles que no próximo ano letivo farão também parte desta Escola. Foi realizada uma visita guiada à escola que teve como embaixadores e guias alunos do 7º ano mais especificamente os delegados e subdelegados destas turmas. O entusiasmo era evidente, quer os finalistas quer os alunos embaixadores demonstraram uma clara vontade em partilhar experiências, desafios e também estados emocionais. A empatia esteve sempre na linha da frente, os alunos embaixadores reviveram a ansiedade e entusiamos dos dias em que também eles foram para esta escola pela primeira vez. Depois de percorrida a escola e os seus variados espaços, desde os pavilhões nos quais se concentram a maior parte das aulas, aos edifícios dos espaços mais lúdicos e dos serviços, o encontro terminou com um lanche servido à sombra num dos muitos espaços verdes da escola. Cada aluno teve ainda direito a um certificado de participação exemplar. Em setembro o AEMM e a Escola Monsenhor Jerónimo do Amaral esperam por estes alunos para um reencontro certamente mais emotivo!